Como regar orquídeas


Chamaedorea elegans
Chamaedorea elegans

Sempre tive fascínio por essas fotos de gotículas de água em close. As da foto acima estão sobre as folhas de uma Chamaedorea elegans, a simpática mini palmeira que vive no meu quarto. Não resisti e aproveitei a imagem para ilustrar este post.

Por muito tempo, matei orquídeas por não saber como regá-las direito. Sempre tive medo de colocar água em excesso. O resultado, plantas esturricadas... Foi quando conheci uma experiente orquidófila, a jornalista Carol Costa. Ela cultiva mais de cem orquídeas em um ambiente muito parecido com o meu: a varanda de um apartamento. Com ela, aprendi que este ambiente inóspito requer muito mais regas e umidade do que normalmente se recomenda. Existem dicas e vídeos fantásticos no site da Carol, o Minhas Plantas.

Hoje cultivo minhas orquídeas sobre bandejas plásticas forradas com argila expandida e uma lâmina permanente de água por baixo. Duas vezes por dia, pela manhã e no final da tarde, as meninas recebem uma leve borrifada de água. E uma vez por semana, vão todas para debaixo da torneira, no tanque. A melhora na qualidade e sobrevida das orquídeas foi notável.

12 comentários:

  1. Muito linda sua foto, muito bem tirada com lindos detalhes! Parece que a planta fica mais viva e viçosa com as gotículas! Eu sou apaixonada por todas as plantas, por isso vc só acrescenta mais beleza aos nossos olhos!
    Um abraço e um ótimo fim de semana!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angelica! Tudo bem? Que bom saber que gosta de plantas. Também fico feliz em saber que gostou da foto, muito obrigado pela visita e pelas palavras de apoio!

      Um grande abraço e um excelente final de semana para você também!

      Excluir
  2. Lá venho eu e pergunto onde eu errei? Bandejas e substrato com mais argila do que xaxim, vaso de barro, rega semanal, 2 borrifadas, face oeste, toldo, sombrite, u/r 60%

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, está tudo certo no seu cultivo. Mas cada orquídea reage de modo diferente, tendo suas particularidades. Desejo que tudo dê certo, boa sorte!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. E de vez em quando... Acho MoFo! Pq as vezes temos 60 de unidade em outras 80, tira bandeja bota bandeja e já mantenho algumas morando permanentemente em vaso de barro e argila expandida como e o caso da sobrevivente Bruno Bruno que comprei em 2009 e espero ver uma flor em 2014

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, tudo depende das condições climáticas. Aqui também, é um corre-corre para manter as coisas em ordem. Torço para que a sua Bruno Bruno floresça belamente neste novo ano, adoro esta orquídea.

      Muito obrigado pela visita e por compartilhar conosco seu cultivo!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Buenos días, Sergio. El aspecto del riego de las orquídeas es vital para un buen desarrollo de las plantas. Como bien tù sabes, también las tengo en el balcón del apartamento. Tengo muchas colgadas del techo, pegadas a planchas de raíz de helecho o colgadas directamente en sus macetas de barro. Las otras las tengo sobre bandejas con arcilla expandida húmeda. Yo lo que hago es regarlas dos veces por semana, con manguera ( la conecto desde la cocina) y tengo desague en el balcón. El sábado les aplico fertilizante. Luego el resto de la semana todos los días en la mañana antes de irme para el trabajo (5 AM) les doy una rociada ligera y lo mismo hago en la tarde. Las Phalaenopsis sólo las riego una vez a la semana, ellas están dentro y mantienen más la humedad. Saludos, amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elizabeth, bom dia!

      Que interessante, também tenho vontade de fazer as regas com mangueira. Vou tentar adaptar uma aqui no apartamento.

      Muito obrigado por compartilhar sua experiência, é uma valiosa contribuição! Também agradeço pela visita e apoio, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. JULIANA PIMENTEL16 de maio de 2015 00:46

    boa tarde, Sergio
    estou em um grande dilema com minhas orquídeas… moro em apartamento em maceió e as cultivo na varanda. percebo que minhas plantas estão meio esturricadas, mas tenho receio de matá-las colocando muita água. sempre fico na dúvida do que fazer, mas vou experimentar a bandeja com a argila e água. agradeço as dicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Juliana, boa tarde! Tudo bem? Peço desculpas pela demora em responder. No seu caso, acho que a bandeja umidificadora será bastante útil. Tomara que dê certo, boa sorte!

      Imagine, eu que agradeço a você pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Buenas noches, mi estimado Sergio. Yo tengo todas mis orquídeas en el balcón. Las Cattleyas que están sembradas en macetas de arcilla las riego dos veces por semana porque se secan más rápido. Las orquídeas que tengo en macetas de plástico las riego una vez por semana, con excepciones como las Masdevallias, Phragmipedium, Stanhopeas, Gongora, Cimbidium, Miltonias, las cuales les doy también dos riegos semanales porque demanda mucha humedad. Poco a poco uno va llevando las orquídeas, lo importante es saber cuáles no deben secarse entre riegos y cuales si. Todavía me siento un poco insegura con respecto al riego, en diciembre perdí varios retoños de Cattleya porque hacía mucho frío, debí espaciar los riegos. Poco a poco se va aprendiendo, pero tú dices que las riegas una vez por semana, a mí me da miedo pasar tantos días sin regar. Mi orientación es Sur. ¿Qué me recomiendas? Un saludo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elena, boa noite!

      Tudo bem? Na verdade, não há uma regra fixa para o número de regas semanais. Tudo vai depender do clima, do vaso, dos substratos. Mas, de modo geral, o importante é regar quando o substrato estiver seco. Você consegue perceber colocando o dedo e afundando um pouco. O vaso fica mais leve, também dá para saber pelo peso. Quando estiver seco, é hora de regar. Acho que este método é mais seguro.

      Um grande abraço!

      Excluir